Dicas de iluminação para cozinha
Curso de Decoração

Dicas de iluminação para cozinha

Tanto a iluminação quanto a instalação elétrica serão temas de prioridade na construção, reforma ou decoração de uma cozinha.

O sistema de iluminação ideal para cozinhas será aquele que possa integrar a luz geral com luzes pontuais.

É preciso de uma luz geral que permita nosso movimento e visualização em estantes e armários. Mas também será de grande importância a luz pontual que será colocada em diferentes áreas de trabalho. Cada uma dessas áreas (preparo de alimentos, cozimento, mesa, etc.) terá sua iluminação setorizada.

A luz geral será clara e deve evitar as sombras. A melhor opção para iluminação geral em cozinhas é a luz de centro. Se você vai colocar tubos de luzes descentralizadas, tenha o cuidado de não fazê-lo muito perto das paredes, pois poderão provocar sombras incômodas.

A luz pontual virá geralmente de cima, de lâmpadas colgantes ou vindas de baixo do vão dos armários. As lâmpadas colgantes serão de luz clara e estarão a uma altura que permita uma boa uma boa iluminação sem sombras nem reflexos. Atrás dos armários ou gabinetes é o melhor lugar para luzes que não incomodem os olhos e que iluminem o trabalho.

Se a cozinha conta com uma mesa ou ilha central, ambas podem ser iluminadas com uma luz pontual a partir do teto.

Algumas ideias de iluminação para cozinhas

  • Em zonas de trabalho é importante aproveitar bem a luz natural. A boa colocação das janelas e a boa distruibuição das áreas de trabalho são fatores determinantes no uso da luz natural.
  • Evite que as janelas por onde entra a luz fiquem atrás das áreas de trabalho. Essa situação vai projetar sombras e nos obrigará a utilizar luz artificial o tempo todo.
  • A melhor distribuição das áreas de trabalho em relação à luz natural será sempre, principalmente a pia, abaixo de uma janela. É importante levar em conta a incidência do sol por essa janela. Se necessário use cortinas ou persianas.
  • No caso da luz artificial, o uso de lâmpadas sobre trilhos em cima da área de trabalho permite uma iluminação flexível e integrada. Esse tipo de iluminação pode ser instalado no teto ou em paredes.
  • Você pode utilizar todo tipo de luz na cozinha: luzes de desenho, clássicas, etc. Todavia, leve em conta que por ser um ambiente em que se pode juntar muita gordura, convém usar lâmpadas simples que possam ser limpas com facilidade. De preferência de vidro ou alumínio.
  • Se é um ambiente em que as luzes ficam acesas por muito tempo, é ideal usar lâmpadas econômicas. O que pode significar uma redução de até 80% no consumo de energia.

Comentários sobre o texto.

  1. Lucas
    outubro 30th, 2012 | 12:28

    Olá!
    Adorei as dicas e gostaria de saber mais.
    Como planejar iluminação para um cômodo aberto onde está a sala de estar, a sala de jantar e a cozinha (estilo americano) sem que a iluminação de uma prejudique a outra?

Dúvidas? Sugestões? Escreva abaixo!